Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

Samurai Princess/ Samurai Purinsesu (2009) Kengo Kaji

Passado num mundo incerto numa época incerta onde se governa pelo domínio feudal, Samurai Princess, uma vítima de uma violação em grande número por parte de um bando de criminosos, é uma cyborg criada por um cientista maluco a partir das vísceras restantes das suas amigas mortas. Num missão de vingança, a princesa facilmente elimina todo o bando de violadores, mas eles não são verdadeiro prémio para ela. A jovem vingadora procura por Red 

Isto sim vai ser muito curto... como definir Samurai Princess? A primeira coisa que me vêm à cabeça é sem dúvida ser um dos piores filmes que vi até à data. É muito simples definir o filme, a obra começa com uma sucessão de combates verdadeiramente épicos e originais, mal estes acabam o filme hibernar e perde todo o seu rumo. Não há mais lutas não há mais sangue não mais ideias, o máximo comparável com gore que vai surgindo são amontoados de membros no caminho das personagens. Começa-se a dar asas ao amor, surgem novas personagens, mete-se a igreja ao barulho o filme começa a incorporar uma pele de drama pesado e a narrativa estanca. Tudo feito de uma forma tão amadora e indecidida, Samurai Princess é definição perfeita de como um filme não deve ser feito, sem rumo e sem ritmo.

O filme ainda tenta voltar à glória com uma tentativa mais que falhada de um final tipicamente goresco, mas falhando, as "lutas" finais não chegam aos calcanhares das inicias e no meio de tantas justificações e novas histórias há pontos soltos; ou não se da ao trabalho de contar nada ou então conta-se tudo, não vamos desenvolver a história de um misterioso gutiarrista e da sua mão de ferro, não vamos acrescentar uma ex-namorada nem uma freira, por ai adiante e deixar algo com relevo pelo caminho! Vamo-nos desculpar com um "bicharoco" de duas cabeças; isto dito por uma pessoa que até gosta de no terror não haver explicações prévias (irrelevantes na intensidade) agora isto é só falhas!

Afinal não é assim tão rápido descrever tamanho desdém.

 

 


 

Maratona Gore: Uma noitada feita com o objectivo de vermos 5 obras do género seguidas, começamos por volta da uma...eu só aguentei durante três filmes.

Aqui estão as outras duas obras que me escaparam:

Battlefiel Baseball (2003) Yûdai Yamaguchi
 

 

RoboGeisha (2009) Noboru Iguchi

publicado por Diogo às 02:39
link do post | comentar | favorito

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Possession (1981) Andrze...

. Rosemary's Baby (1968) Ro...

. Il Gattopardo (1963) Luch...

. L'Avventura (1960) Miche...

. Du Levande (2007) Roy And...

. Onde Jaz o Teu Sorriso? (...

. La Strada (1954) Federico...

. Nostalghia (1983) Andrey ...

. Au Hasard Balthazar (1966...

. Trash Humpers (2009) Harm...

.links

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010