Sábado, 8 de Janeiro de 2011

Au Hasard Balthazar (1966) Robert Bresson

Esta é unicamente a minha segunda obra de Bresson, e o que é que eu posso dizer? O autor francês conseguiu encontrar num burro o seu actor perfeito.

A tão reconhecida distância emocional com que o realizador insiste existir nos seus actores é abordada desta vez de uma forma pouco ortodoxa, mas muito eficaz! De facto o verdadeiro "segredo" de autores como Ozu ou o próprio Bresson está na forma como estes contrariam a génese de uma personagem. Um actor dá-se normalmente a conhecer ao público, Bresson contraria o suposto e fecha os seus intérpretes de forma a fazer com que o público nutra algo mais que o normal sentimento necessário para o envolvimento para com a trama,  algo que o obrigue a alcançar a essência da acção e do comportamento da personagem.

Com o burro Balthazar o brilhante autor francês desenha dois filmes: uma perfeita alegoria do desgaste físico e mental humano devido as sucessivas placagens deferidas pelo mundo; e a história sobre um burro, animal conformado como tantos outros, que jamais manifesta as suas emoções, independetemente das acções do exterior. O autor varia entre estas duas grandes narrativas sem nunca perder o fio à meada. O vulgar burro de carga que se mantem distante da crescente acção que o rodeia, num abrir e fechar de olhos revoluciona-se como La Fontainte e começa a resolver contas matemáticas para o delírio do público, personificando os 15 minutos de fama que o homem tanto almeja.

Um pequeno grande (enorme) filme, que de alguma inapalpável forma me abriu as portas do verdadeiro talento que reside na cinematografia do autor francês.

A visualização de uma nova obra de Bresson estará para breve...

publicado por Diogo às 22:05
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De flávio a 9 de Janeiro de 2011 às 14:38
é um dos meus filmes preferidos
De Diogo a 9 de Janeiro de 2011 às 22:16
fico contente por sabe-lo, aconselhas-me mais algum dele para além do Pickpocket (foi o primeiro que vi)?
De flávio a 10 de Janeiro de 2011 às 11:58
sim, o journal dun curé de campagne e o mouchette, mas quero mto ver o condamné à mort s'est echappe

Comentar post

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Possession (1981) Andrze...

. Rosemary's Baby (1968) Ro...

. Il Gattopardo (1963) Luch...

. L'Avventura (1960) Miche...

. Du Levande (2007) Roy And...

. Onde Jaz o Teu Sorriso? (...

. La Strada (1954) Federico...

. Nostalghia (1983) Andrey ...

. Au Hasard Balthazar (1966...

. Trash Humpers (2009) Harm...

.links

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010