Domingo, 16 de Janeiro de 2011

Il Gattopardo (1963) Luchino Visconti

Aquela cena final da gala, é provavelmente das melhores coisas que eu já alguma vez vi num filme.

A obra é toda ela uma dança ao som da música do tempo. Nem a música nem os passos de dança mudam, simplesmente troca-se de parceiro.

Nunca um confronto de eras foi tão bem retratado como em O Leopardo. A eximia execução de Visconti consegue com que o tema do seu final, se prolonge fora dos limites italianos, pois o que nós vamos não é a queda moral de um país, mas sim do homem em si.

A direcção do mestre italiano evidencia uma terna nostalgia e apreço pelo seu passado em conflito com uma náusea repudiosa em relação a decadência geracional.

Uma obra-prima!

 

publicado por Diogo às 16:25
link do post | comentar | favorito

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Possession (1981) Andrze...

. Rosemary's Baby (1968) Ro...

. Il Gattopardo (1963) Luch...

. L'Avventura (1960) Miche...

. Du Levande (2007) Roy And...

. Onde Jaz o Teu Sorriso? (...

. La Strada (1954) Federico...

. Nostalghia (1983) Andrey ...

. Au Hasard Balthazar (1966...

. Trash Humpers (2009) Harm...

.links

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010